Bíblias ao lixo

perseguição
Reflexão de junho de 2017 – por José San Martín Camiña Neto

 

Na semana passada, entrevistava na nossa rádio educativa (www.nazarenofm.com.br) o ev. e professor Zihad Ali, pós-graduando em Física pela UFMT sobre a última capa da revista Superinteressante (“Darwin, o homem que matou Deus”), e fiquei chocado com uma informação que ele nos repassou.

Recentemente, um grupo dos Gideões Internacionais visitou um colégio de classe média aqui em Cuiabá-MT, o colégio Master, e procedeu a distribuição dos Novos Testamentos como costumam fazer rotineiramente em escolas, hotéis, hospitais, etc.

No fim das aulas os estudantes crentes recolheram sacos de Novos Testamentos que foram simplesmente jogados nos cestos de lixo da escola!…

Percebo aí que, como professores da Escola Bíblica Dominical (EBD) não podemos fechar os olhos para essa realidade. Nossos adolescentes da igreja estão sofrendo uma pressão muito grande, como um rolo compressor do secularismo, materialismo e toda sorte de “Ismos” anticristãos que cada dia mais dominam a educação, a política, o entretenimento e assim por diante.

A igreja, sua liderança, os responsáveis pelo departamento infanto-juvenil, os professores do departamento infantil, juvenis e jovens têm de repensar práticas, escolha de professores realmente preparados para responder às mentes e corações desse público.

Imaginemos uma igreja em que o obreiro é um homem de Deus, mas limitado diante de um adolescente ou de um jovem que não teve uma experiência pessoal de salvação (filhos de crentes, até de pastor ou de irmãos de modo geral) que ao entrar em contato com um professor ímpio que todo dia exalta o evolucionismo e coloca o cristianismo, o criacionismo literalmente na lata do lixo? Em quem tal adolescente vai confiar? Que rumo ele tomará espiritualmente?

Os desafios destes tempos de pós-modernismo (ausência de verdades absolutas, pluralismo, avanço do Movimento Nova Era, Satanismo, etc., etc.) são terríveis.

Na aula de Escola Dominical fiz a afirmação de que, para o verdadeiro cristão, estes tempos são tão terríveis como enfrentar leões nas arenas ou imperadores homossexuais autointitulados deuses (cristãos da igreja primitiva). Tão terríveis como enfrentar uma mulher adúltera dentro de uma casa tendo como única forma de escapar sair correndo nu e ainda assim colher as conseqüências da honestidade (José). Estes dias são tão terríveis como enfrentar os enganadores profetas de baal (Elias). E, como Paulo, encarar adeptos de uma deusa – Diana dos Efésios, bem como mágicos e pessoas possessas por demônios de adivinhação e outras pirotecnias até dentro das igrejas…

Não bastasse a DIsneylândia com seu culto ao Darwinismo no Epcot Center (atração fantástica com apresentação da origem da vida sem Deus), hoje saiu a notícia de que a industria editorial e cinematográfica, a serviço da bruxaria e satanismo, vai criar um parque temático de Harry Potter na Flórida. Mais atrações do ocultismo para nossas crianças e adolescentes do mundo inteiro.

Sobre seu último livro a escritora J.K.Rowling, que ficou bilionária vendendo aventuras do feiticeiro-mirim, declarou:

“Quero que os leitores que, em muitos casos, cresceram com Harry embarquem na última aventura que vão dividir com ele sem saber aonde estão indo.” Imaginem que até escritores renomados, como Stephen King, manifestaram preocupação com especulações sobre a morte do “herói de óculos” que pediram a Rowling que poupe a vida dele. (http://entretenimento.br.msn.com/noticias/artigo.aspx?cp-documentid=4943067)

A série Harry Potter já vendeu mais de 2,5 milhões de cópias no Brasil e 325 milhões, em 64 línguas, em todo o mundo. Seus filmes da série já faturaram 3,5 bilhões de dólares no mundo. Quantas de nossas crianças já leram sem qualquer orientação sobre as nada inocentes aventuras do bruxinho?

Me estremeço em saber da responsabilidade que temos nos ombros como professores de Bíblia nestes dias negros.

Tempos em que nossas crianças, adolescentes e jovens convivem com colegas e professores que jogam a Bíblia no lixo. Quanto podem ceder à pressão do grupo?

Mas me alegro porque Deus tem levantado vozes aparentemente frágeis solitárias para combater o mal, bem como apologistas competentes para desmascarar o erro. Vejam a notícia restrita a assinantes da mãe norte-americana que luta para retirar os livros de HP das escolas (em anexo) e artigos em anexo e links abaixo:

http://www.chamada.com.br/mensagens/harry_potter.html

http://www.chamada.com.br/mensagens/feiticaria.html

http://www2.uol.com.br/bibliaworld/crianca/email.htm

Me alegro porque Deus nunca está por baixo. A inauguração do Creation Museum, de R$ 54 milhões e alta tecnologia, em Kentucky mostra isso! (leia anexo) Me alegro porque todas as estatísticas sérias a respeito de saúde física e mental em todas as idades, no casamento e famílias felizes estão ligadas a prática da religião e freqüência à igreja.

Me alegro porque temos as armas para derrotar, “trazer cativo” todo o conhecimento e argumento anticristão. Só peço a Deus que não me deixe ser covarde neste momento da história do mundo e do plano divino de salvação da humanidade através dos séculos.

2 Coríntios 10.4: “As armas que usamos na nossa luta não são do mundo; são armas poderosas de Deus, capazes de destruir fortalezas. E assim destruímos idéias falsas 5 e também todo orgulho humano que não deixa que as pessoas conheçam a Deus. Dominamos todo pensamento humano e fazemos com que ele obedeça a Cristo. 6 E, quando vocês provarem que são obedientes, estaremos prontos para castigar qualquer desobediência“. (BLH)

Pasmado, mas animado…

God Bless You

José San Martín Camiña Neto – jornalista e radialista pela UFMT e ministro evangélico

 

PS.:
*Reflexão escrita especialmente para o Grupo Dominicalnet

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s